Tireoide. Tratamento Natural

Tireoide. Tratamento natural

Tratamento Natural para Tireoide

Apesar de ser tão pequena, a glândula tireoide regula o metabolismo, que é uma das funções mais importantes para o organismo.

Por exemplo, se a tireoide estiver pouco ativa, nossa pulsação e o nível de energia diminuem, e a quantidade de calorias queimadas em um exercício ou em qualquer outra atividade são poucas.

Principalmente após os 60 anos, as mulheres são mais atingidas por problemas de tireoide do que em homens. Mas, atenção, pois cada vez são registrados mais casos de mulheres de 30 anos que apresentam hipotireoidismo.

Atualmente graças ao estilo de vida sedentário e dietas desequilibradas, as pessoas têm desenvolvido muitos problemas de saúde como: aumento de peso, perda da libido, zumbido nos ouvidos, perda de cabelo, fadiga, dores de cabeça, tontura, pele seca, insônia, prisão de ventre, entre outros.

 

 

No entanto, além da falta de exercícios, de consumo de alimentos prejudiciais à saúde, esses sintomas também são resultado de um problema que atinge sobretudo as mulheres: Hipotireoidismo.

Conheça o tratamento para hipotireoidismo totalmente natural. Esse ingrediente natural é uma gordura saturada que acelera o metabolismo e gera o emagrecimento. 

 

Tratamento Natural

Coloque essas dicas em prática e acabe com a necessidade de medicação.

Trata-se do óleo de coco. De fato o óleo de coco é excelente para o hipotiroidismo, uma vez que melhora a função da glândula tireoide.

Quando a produção do hormônio tireoidiano for abaixo do esperado e a pessoa passar  a ingerir o óleo de coco, geralmente sente muito mais disposição em função da melhora desta função.

Muitos indivíduos que sofrem com problemas de tireoide são capazes de eliminar a medicação completamente quando começam a consumir óleo de coco com freqüência, no entanto você não deve parar de tomar seus remédios sem receber o aval de seu médico.

Obviamente você não deve nunca suspender a medicação sem consultar seu médico.

 

Como usar o óleo de coco no tratamento para hipotireoidismo

Você pode começar com apenas uma colher de sopa por dia, depois aumentar para duas colheres.

 

Sintomas do hipotireoidismo

Cansaço. Ganho de peso sem explicação. Rosto inchado ou pálido. Dores musculares. Voz rouca. Pele seca. Colesterol. Períodos menstruais com muito sangramento. Problemas nas articulações.

 

 

Massagens na área da tireoide também podem ajudar, no entanto existem outras dicas para complementar o seu tratamento para hipotireoidismo:

 

1 – Faça a sua própria salada

Saladas prontas que são embaladas com gorduras insalubres devem ser evitadas. A melhor alternativa é preparar a salada por conta própria.

2 – Alimentação rica em iodo

É indicado que você consuma alimentos ricos em iodo. Você pode encontrar boas quantias do elemento na alga negra, pó de alga marinha e peixes de água fria.

3 – Sucos de rabanete e cranberry

o seu tratamento para hipotireoidismo pode se beneficiar com o consumo de sucos de rabanete cranberry com regularidade.

 

4 – Atividade física diária

Realiza exercícios físicos com freqüência. Caso seja possível você deve procurar se movimentar todos os dias para melhorar  sua qualidade de vida.

 

5 – Suplementos

Outra dica importante é o consumo de suplementos como por exemplo o zinco, o selênio, a vitamina B, a vitamina C e a vitamina E.

 

6 – Fique longe do mercúrio e do flúor

Os especialistas recomendam que as pessoas que sofrem com a disfunção na tireoide devem passar longe do mercúrio e do flúor.

 

7 – Evite consumo de soja.

O consumo de soja também não é adequado para qualquer pessoa que esteja com problemas de hipotireoidismo.

 

Nódulos de Tireoide

 

Um dos problemas mais frequentes da tireoide são os nódulos, que não apresentam sintomas. Estima-se que 60% da população brasileira tenha nódulos na tireoide em algum momento da vida.

O que não significa que sejam malignos. Apenas 5% dos nódulos são cancerosos. O reconhecimento deste nódulo precocemente pode salvar a vida da pessoa e a palpação da tireoide é fundamental para isso.

Este exame é simples, fácil de ser feito e pode mudar a história de uma pessoa. Uma vez identificado o nódulo, o endocrinologista solicitará uma série de exames complementares para confirmar a presença ou não do câncer.

 

 

 

 

Ajude-nos compartilhando com seus amigos