O QUE É GLÚTEN?

Glúten

 

O QUE É GLÚTEN?

 

Embora o glúten seja encontrado em grãos como trigo, centeio e cevada, também pode existir em muitos alimentos que você não esperaria.

 

O glúten é um tipo de proteína que atua como um aglutinante, ou “cola”, para manter certos alimentos juntos.

É encontrado em vários grãos, incluindo:

  • Trigo (incluindo durum, semolina, espelta, emmer ou farro, Khorasan, einkorn e freekeh)
  • Centeio
  • Cevada
  • Triticale (um cruzamento entre trigo e centeio)

Embora a aveia não contenha naturalmente glúten, muitas variedades comerciais de aveia e seus produtos são expostos ao glúten durante o armazenamento, transporte ou processamento.

Podem existir vestígios de glúten em muitos alimentos que você não esperaria, portanto, se você está evitando o glúten por motivos de saúde, certifique-se de examinar cuidadosamente todos os ingredientes listados e entender o que eles significam.

Além dos alimentos, alguns medicamentos em comprimidos e cápsulas contêm glúten.

A National Library of Medicine oferece dois bancos de dados que permitem pesquisar ingredientes em medicamentos: Pillbox e DailyMed .

Mesmo assim, nem todos os medicamentos podem estar listados, portanto, converse com seu médico sobre se algum medicamento que você toma pode conter glúten.

 

Dieta livre de glúten

 

Esse tipo de dieta é usado principalmente para tratar a doença celíaca , uma doença auto-imune na qual o sistema imunológico do corpo ataca o intestino delgado.

Quando as pessoas com doença celíaca comem glúten, o intestino delgado fica inflamado.

Com o tempo, essa inflamação pode danificar o revestimento do intestino delgado, levando à má absorção de nutrientes.

A deficiência de nutrientes pode levar a complicações de saúde, como osteoporose, infertilidade, danos nos nervos e convulsões.

Pessoas com sensibilidade ao glúten – uma condição que não é doença celíaca, mas causa desconforto gastrointestinal – também encontram alívio quando eliminam o glúten de sua dieta.

Nos últimos anos, tem havido uma tendência crescente de se alimentar sem glúten por várias razões não relacionadas à doença celíaca ou à sensibilidade ao glúten.

Algumas dessas razões incluem perder peso, aumentar os níveis de energia, tratar o autismo ou sentir-se mais saudável.

Mas não há muita pesquisa ou evidência para apoiar qualquer relação entre uma dieta sem glúten e esses resultados.

Se você deseja evitar o glúten por motivos de saúde ou estilo de vida, é importante conversar com seu médico antes de eliminá-lo de sua dieta para evitar deficiências nutricionais.

Muitos alimentos que contêm glúten também fornecem nutrientes essenciais, como vitamina B , ácido fólico e fibras.

Saber como obter esses nutrientes de outros alimentos é importante para se manter saudável com uma dieta sem glúten.

 

Alimentos sem glúten

 

Os seguintes alimentos são naturalmente sem glúten se não forem processados ​​e não incluírem quaisquer aditivos ou conservantes que contenham glúten:

  • Feijão, ervilha e lentilha
  • Sementes
  • Nozes e amendoins
  • Ovos
  • Carnes, aves e peixes
  • Frutas e vegetais
  • Lacticínios

 

Os seguintes amidos são isentos de glúten se não forem misturados com grãos que contenham glúten:

  • Farinhas sem glúten (arroz, soja, milho, batata, feijão e outros)
  • Amaranto
  • Araruta
  • Trigo sarraceno
  • Milho e fubá
  • Linho
  • Canjica (milho)
  • Painço
  • Batata e batata doce
  • Quinoa
  • Arroz e arroz selvagem
  • Sorgo
  • Soja
  • Tapioca

glúten

 

Gluten faz mal? 

 

Afinal, o glúten faz mal realmente, ou é um mito?

Muitas pessoas dizem que a proteína engorda e procuram dietas sem glúten.

Outras continuam consumindo alimentos com glúten sem relatar prejuízos. 

Se essa é uma dúvida comum para você, saiba que a resposta é sim e não!

O glúten faz mal para quem possui restrições alimentares. Mas em muitos dos casos não é o grande vilão da nossa saúde.

O glúten é uma proteína composta pela mistura de cadeias proteicas longas de gliadina e glutenina

Para algumas pessoas, a ingestão de glúten faz mal porque pode interferir na permeabilidade do intestino (sua capacidade de interpretar a diferença entre nutrientes e substâncias tóxicas). 

O principal problema de saúde relacionado à ingestão de glúten é a doença celíaca.

Um distúrbio inflamatório crônico do intestino delgado que afeta cerca de 1% da população.

 

Cortar o gluten faz mal?

De acordo com a nutróloga Andreia Guarnieri, cientificamente não há nada que prove que o glúten traga malefícios ao corpo, a não ser que a pessoa seja celíaca.

A médica alerta que, para quem não sofre da doença celíaca, cortar totalmente o glúten da alimentação pode predispor a doenças crônicas, como diabete ou doenças cardiovasculares.

Além disso, se uma criança não consumir o alimento na infância, pode desenvolver alergia a ele.

“Na fase mais precoce, é necessário dar estímulos para a produção de anticorpos que vão nos defender futuramente”, diz a médica.

Por isso, se a pessoa não comer glúten na infância e quiser comer em outro momento da vida, pode ter problemas.

 

 

 

Fonte: EveryDayHelth.com

Ajude-nos compartilhando com seus amigos