A Depressão - VIDA COM SAÚDE

A Depressão

O que é Depressão ?

 

É uma reação natural quando passamos pela falta de superação dos desafios da vida, baixa auto-estima ou perdas de várias naturezas.

Na maior parte dos casos o individuo prefere o isolamento ao invés do convívio com outras pessoas, e são pessoas como essas a quem não somos capazes de explicar a tristeza e o choro sem motivo.

 

Fatores que podem provocar a depressão:

 

 

Morte de um ente querido

No romance ser traído

Perder o emprego

Dores que não são confirmadas nos diagnósticos médicos

Um acidente que o incapacitou

Fim de um relacionamento amoroso

Um amor que não é correspondido

A depressão pode acontecer a qualquer um e a ciência ainda não descobriu a sua causa

Sabe-se que quando há um desequilíbrio nos neurotransmissores do cérebro a transmissão das informações, sofre uma avaria.

Quando então ocorre a desestabilização e os sintomas se aprofundam.

Esse desequilíbrio químico dos neurotransmissores que regem o humor é uma doença clínica que afeta milhares de pessoas por todo o mundo.

É um mal-estar físico, uma doença trivial mas séria.

Ela não tem sintomas físicos evidentes, não escolhe idade ou sexo, podendo atacar 5% da população e entre 10 a 20% hão de passar por ela em algum período da vida.

 

Acontecimentos que poderão revelar a depressão

 

Dormir de menos, ou demais, se comparado ao seu turno normal de sono.

Dorme pouco se as preocupações lhe afligem, dorme mais se tenta fugir das mesmas.

Humor instável, nem sempre equilibrado, tendendo para o mau humor. Tudo o irrita por mais insignificante que seja o fato.

Peso, aumento ou diminuição deste. Pode aumentar por alimentar-se compulsivamente ou diminuir caso se sinta fraco, não tenha apetite ou as doenças facilmente o atacarem.

Problemas cujas soluções ficam sempre para depois.

Reflexos lentos ou descontrolados e desempenho no trabalho abaixo do normal.

 

 

A procura da cura, das saídas, a luz ao fim do túnel, exige uma longa caminhada e certamente nunca fácil.

Em suma, a doença é nossa e cabe a nós mesmos assumi-la.

É um estandarte que outra pessoa não poderá carregar e no máximo, ela apenas poderá compartilhar da nossa viagem.

Avalie como andam os seus relacionamentos, seja em casa, na sociedade ou no trabalho. 

Alguma coisa mudou?

Até que ponto aprecia a sua tristeza?

Sente-se só e abandonado?

O que faz para que as pessoas se afastem de si?

O seu humor varia com frequência?

Quando troca apenas algumas palavras já sente a necessidade de agredir o seu interlocutor?

Ou já não existe diálogo? O seu mundo está mudo?

O que tem feito para manter os seus relacionamentos?

Está amargo e a vida não tem sentido?

O que espera da sua amizade, do seu amor e dos seus sonhos?

Como compartilhar o que não tem para dividir?

Poderíamos encher páginas e páginas de perguntas para as quais só tinha uma resposta: “Não tenho feito nada para cultivar o meu lado afetivo!”

 

Tratamento da Depressão

A depressão profunda dura normalmente de 6 meses a 2 anos, ou mais, mas hoje em dia, com a ajuda adequada, já se chega à cura ao fim de algumas semanas.

Tudo é relativo e depende do quadro.

Entre os depressivos, está provado, o sistema imunológico fica debilitado, oferecendo oportunidades para o aparecimento de doenças fatais.

No tumulto em que está o epicentro mental poderão surgir problemas físicos reais.

Neste caso, o melhor é fazer com que aqueles que chegam a um estado profundo da doença, se reencontrem a partir da autoanálise e busquem as causas que a levaram a isso.

Lembre-se que nem toda a atenção do mundo, nem os recursos avançados da medicina serão suficientes para que possa fazer as pazes com a vida sem a própria colaboração.

O acompanhamento psicológico é fundamental mesmo porque os medicamentos podem levar tempo para fazerem efeito.

 

 

 

 

Ajude-nos compartilhando com seus amigos