Ataque Cardíaco - Como Acontece ? - VIDA COM SAÚDE

Ataque Cardíaco – Como Acontece ?

Ataque Cardíaco – infarto agudo do miocárdio

 

hoje vamos falar sobre o infarto agudo do miocárdio também conhecida como Ataque Cardíaco, uma doença grave mas que pode ser resolvida quando atendida rapidamente.

 

O Infarto ocorre quando uma placa de gordura é formada na artéria que irriga o coração e impede a livre circulação do sangue

Forma-se um coágulo que interrompe abruptamente  a passagem do sangue e provoca a morte do tecido do coração.

Sabemos que, de cada duas pessoas que sofrem infarto agudo do miocárdio, somente uma sobrevive, porque o  reconhecimento dos sinais de que a pessoa está sofrendo um infarto agudo do miocárdio conhecido também como ataque cardíaco é importante porem pouco observado.

Quanto mais rápido a pessoa receber atendimento médico especializado maiores são suas chances de sobreviver.

 

 

Quem tem maior Risco de Desenvolver o Infarto?

 

Homens acima de 50 anos, mulheres acima de 55 anos ou após a menopausa, obesos, tabagistas, sedentários, diabéticos, hipertensos, pessoas com alto nível de estresse, indivíduos com alto colesterol e pessoas cujos familiares já tenham problemas cardíacos

Ou seja se você já tem uma histórico familiar de doença coronariana então aumentam as suas chances de desenvolver um quadro de infarto do miocárdio.

 

Sintomas

 

  • Dores de aperto no peito que seguem para os braços. Essa dor vem do peito, corre pelo braço e também pode subir na região cervical, pode também passar pela  mandíbula. 
  • a palidez
  • o suor frio
  • Náuseas
  • Vomitos

 

O importante é que se essa dor durar mais do que 20 minutos, ela realmente pode ser um infarto.

Ele obrigatoriamente perdura por um certo tempo e depois tende a melhorar se a pessoa  sobreviveu ao impacto inicial do infarto.

O Infarto pode ocorrer em qualquer lugar e em qualquer momento. As vezes pode ocorrer subitamente ou as vezes leva horas para a pessoa perceber que está com os sintomas.

Geralmente o que acontece, é que as pessoas ignoram os sintomas mais leves até piorar o quadro, quando então procuram ajuda médica.

A aspirina ou AAS infantil ajuda?

 

A resposta é sim, ajuda, diante desses sintomas que sugere um quadro de infarto, a pessoa deve tomar o 1 AAS infantil ou uma aspirina porque tem um efeito anticoagulante que vai ajudar, aliviar ou tentar minimizar o quadro que está ocorrendo.

A pessoa deve procurar imediatamente ajuda e ser levada a um hospital de urgência.

 

 

Tipos de Tratamento

 

Angioplastia Primária – Cateterismo

 

Esse procedimento utiliza um minúsculo balão na ponta de um cateter para desobstruir a artéria afetada pela gordura, seguido geralmente do implante do stent.

Esse é o tratamento mais eficaz que os fibrinolíticos e o paciente tem uma melhor recuperação.

 

Fibrinolíticos

 

São medicamentos injetados nas veias periféricas para desobstruir a artéria. 

Os trombolíticos devem ser usados precocemente, até 6 a 12 horas do início da sintomatologia, com cuidado para as contra-indicações.

Esse é um procedimento mais fácil e com maior acesso no país. Não exige uma estrutura hospitalar complexa e envolvimento de menos profissionais da área médica.

 

Prevenção

 

Controlar peso, colesterol, diabetes, pressão arterial e  stress.

 Praticar exercícios físicos com orientação de um profissional

Não fumar

Ter uma dieta saudável 

Realizar periodicamente checape e consultas médicas para que você esteja acompanhando seu quadro e se você não tem um perfil de uma pessoa que vai ter uma grande chance de infartar.

Não deixe de se cuidar, um infarto  não chega de uma hora pra outra, de uma maneira geral ele manda sinais.

Se você está apresentando os sintomas acima citado, procure rapidamente 0  seu médico.

Alguns poucos exames podem ajudar, principalmente se você tem aqueles fatores de risco, procure se tratar preventivamente e quem sabe escapar desse quadro que muitas vezes é fatal.

 

 

 

Ajude-nos compartilhando com seus amigos